A descoberta do Feira

Há quatro meses, em 20 de outubro do ano passado, revelamos que o “Feira” da mensagem de Marcelo Odebrecht era João Santana.

Releiam a notícia:

Exclusivo: quem é o “Feira” da mensagem de Marcelo Odebrecht

Brasil 20.10.15 13:09

Mais cedo, reproduzimos mensagens do celular de Marcelo Odebrecht capturadas pela PF. Elas fazem referências ao financiamento pela empreiteira da campanha de Dilma Rousseff — no caixa 2 e, ao que tudo indica, com dinheiro roubado da Petrobras.

Na mensagem abaixo, como já publicamos, “JEC” é José Eduardo Cardozo; “Vaca” é Vaccari; “Edinho” é Edinho Silva; “cta Suíça” é conta na Suíça; e “campanha dela” é campanha de Dilma Rousseff. Faltava saber quem era o “Feira”, da frase “Liberar p/Feira pois meu pessoal não fica sabendo”.

Agora não falta mais. O Antagonista foi informado de que “Feira” era o codinome usado por Marcelo Odebrecht para referir-se a João Santana, o marqueteiro de Dilma. “Feira” vem de Feira de Santana. Marqueteiro Santana = cidade Santana.

O que Marcelo Odebrecht “liberou” para João Santana, sem que o pessoal dele, Marcelo, ficasse sabendo? A PF acredita que o mesmo que foi liberado para o marqueteiro Duda Mendonça na campanha de Lula: dinheiro não declarado no exterior.

r

“Liberar para Feira” = Liberar para João Santana