ACESSE

A despedida de Rubem Novaes

Telegram

Os funcionários do Banco do Brasil ficaram sabendo do pedido de demissão de Rubem Novaes pela imprensa, na última sexta-feira, a partir do fato revelante divulgado ao mercado financeiro.

O substituto de Novaes ainda não foi definido por Jair Bolsonaro.

Tradicionalmente, presidentes do BB deixam alguma mensagem aos funcionários antes de apagarem as luzes. Paulo Caffarelli, por exemplo, quando saiu da instituição, no fim de 2018, chegou a gravar um vídeo agradecendo o empenho de todos e falando um pouco de sua trajetória.

Desta vez, ainda não teve despedida. Rubem Novaes, porém, continua despachando do banco — nesta segunda-feira (28) mesmo, ele está na sede, em Brasília.

Por enquanto, a última notícia associada ao presidente na rede interna do BB é a da participação dele em uma live organizada pela Febraban no último dia 16.

Após anunciar sua demissão, Novaes disse à CNN que pediu demissão do comando do Banco do Brasil por não ter se adaptado “à cultura de privilégios, compadrio e corrupção de Brasília”. Os senadores Jorge Kajuru (Cidadania) e Randolfe Rodrigues (Rede) querem que ele se explique.

Leia mais: Diogo Mainardi: 'Em vez de derrubar Bolsonaro, Gilmar Mendes vai domá-lo e cavalgá-lo até 2022'

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 22 comentários