A doleira do PT

A Lava Jato andava meio adormecida, agora acordou de supetão.

Além das delações premiadas de Salim Schahin e de Agosthilde Monaco, hoje O Globo noticia que a doleira Nelma Kodama, parceira de Alberto Youssef, fechou um acordo de colaboração com a PF.

Só para lembrar: Toninho Barcelona, na CPI dos Bingos, acusou Nelma Kodama de ser a doleira do PT na época de Celso Daniel.