A dosimetria da impunidade

Roberto Requião e seus acólitos querem que magistrados que ordenem conduções coercitivas consideradas abusivas possam ser condenados de um a quatro anos de prisão.

É a dosimetria da impunidade.

Faça o primeiro comentário