ACESSE

"A Educação hoje está se perdendo", diz secretário do RN sobre trocas constantes no MEC

Telegram

O secretário de Educação do Rio Grande do Norte, Getúlio Marques Ferreira, queixou-se ontem em reunião no MEC das constantes trocas na administração do ministério.

“Não se tem andado”, disse Ferreira, em áudio obtido por O Antagonista. “É difícil (…) O quanto você quer andar, e de repente aí muda a pessoa, aí começa tudo de novo”.

Ferreira participou por videoconferência de reunião do Comitê Operativo Emergencial do MEC, com participação da secretária-executiva adjunta Maria Fernanda Nogueira Bittencourt.

“Um ano e meio e a gente não consegue sair do canto, porque quando vai fazer, muda”, disse o secretário, na reunião de sexta-feira. “Isso é ruim, a Educação hoje tá se perdendo”.

O governo Bolsonaro está em seu quarto ministro da Educação, se contada a rápida passagem de Carlos Alberto Decotelli. Milton Ribeiro tomou posse em 16 de julho.

O governo também está em seu quarto presidente do FNDE e no quarto presidente do Inep.

“O que a gente sente é que por conta de algumas questões, não se tem andado”, diz Ferreira no áudio.

A O Antagonista, o secretário esclareceu quais são essas ‘questões’. Segundo ele, o governo está preocupado “com questões de gênero, com comunistas, com antifascistas, com não nomear reitores eleitos e diretores eleitos, nomear interventores aliados”, enquanto os secretários e outros funcionários da Educação querem discutir pautas substantivas, como a BNCC, escola em tempo integral e a reforma do Ensino Médio.

“Os poucos gestores que demonstram capacidade de diálogo são substituídos e a continuidade das políticas sofre”, disse Ferreira.

Leia mais: Exclusivo: a estranha rotina do ex-ministro de Bolsonaro. Comece a ler por apenas R$ 1,90 (1º mês)

Comentários

  • Fabiola -

    Isso é petista, aparelharam a educação, produziram um monte de analfabeto funcional, deram rios de dinheiro para faculdades particulares, que moral tem esse cara para falar de educação?

  • Lais -

    Hoje?? Quando andou??

  • Magdalena -

    Há muitos anos que a Educação brasileira não sai do lugar. Os ultimos governantes se preocuparam com ideologias em detrimento do conhecimento e cultura. E temos os piores indices em educação no mundo.

Ler 28 comentários