A escolha pela corrupção

Em artigo em O Globo, o cineasta José Padilha traça uma inusitada relação entre Lula e Trump, entre o cinismo da esquerda brasileira e o dos conservadores americanos.

Em trecho dedicado ao cinismo local, Padilha diz o seguinte:

“Já no Brasil, depois da completa desmoralização de Lula e do Partido dos Trabalhadores durante o processo do mensalão, os socialistas também ficaram em sinuca de bico, tendo que ficar entre reconhecer a desonestidade do PT e entregar o país a direita, ou continuar apoiando um projeto de poder claramente corrupto. Salvo raras exceções, escolheram a corrupção”.

Faça o primeiro comentário