À espera do Judiciário

Os movimentos de rua, no ano passado, foram fundamentais para colocar o Brasil no caminho da normalidade.

E num lugar normal, em que o Estado funciona, ninguém precisa sair às ruas.

A sociedade já cumpriu o seu papel. Agora é a vez do Judiciário.

Faça o primeiro comentário