O MINISTRO DA FAZENDA COMPROU UMA FAZENDA

Antonio Palocci, com dinheiro de propina, comprou uma fazenda no Mato Grosso, registrada em nome de laranjas.

Diz o Estadão, baseado em relatório da Receita Federal:

“A investigação em curso tem foco em empresa de consultoria de ex-ministro, que teria auferido expressivos valores de várias pessoas jurídicas investigadas na Operação Lava Jato, algumas ligadas a operadores financeiros envolvidos nesse esquema ilícito.

Outra frente de investigação seria a possível operação de lavagem de dinheiro em transações imobiliárias.

Nesse contexto, o Fisco menciona a aquisição de uma ‘extensa’ propriedade rural no Mato Grosso. Essa aquisição aparentemente foi feita com a utilização de pessoas interpostas (laranjas) ligadas ao ex-ministro”.