“A finalidade da anistia seria perversa”

Do ex-presidente do STF Carlos Velloso, a O Antagonista, sobre a manobra do Congresso para anistiar caixa dois:

“Uma lei que visa a anistiar crimes cometidos em larga escala contra a administração pública, com o sentido único de livrar criminosos de punição, viola, flagrantemente, o princípio constitucional da moralidade administrativa, sendo, por isso, inconstitucional, ainda mais se considerarmos que a anistia, pela sua própria natureza, há de ter, sempre, finalidade nobre. Na hipótese, a finalidade da anistia seria perversa.”

Essa gente é perversa.