André Moura quer controlar fundos de pensão

O Antagonista soube que André Moura, líder do governo, pressiona Michel Temer para nomear um apadrinhado seu no comando da Previc, a entidade que fiscaliza os fundos de pensão das estatais.

Aliado de Eduardo Cunha, Moura é réu em três ações penais no Supremo – inclusive por homicídio – e já foi condenado em segunda instância por improbidade administrativa.

Possui, portanto, as credenciais para fiscalizar os fundos de pensão.

Faça o primeiro comentário