ACESSE

A frente de Marta contra Bolsonaro

Telegram

Marta Suplicy, que apoiou o impeachment de Dilma Rousseff em 2016, agora apoia o “Lula Livre”. Mas não tem interesse em candidatar-se. A sua reaproximação com o PT é, digamos, por amor à Pátria.

Ela disse ao Estadão que vem conversando com aquela outra patriota, Gleisi Hoffmann, e afirmou:

“Temos que fazer uma frente e é a ela que estou me dedicando. Não estou em nenhum partido e não sou candidata a nada. Mas quero colaborar para que a gente possa fazer uma frente ampla como já tivemos no Brasil quando Carlos Lacerda se juntou a João Goulart e Juscelino. A primeira etapa é a eleição para a prefeitura de São Paulo. Temos que isolar o bolsonarismo. Será um aperitivo para 2022.”

Comentários

  • Joel -

    Vergonhoso dona Marta... Vai acabar se sujando nessa podridão apadrinhada do Lulapreso e da amante medíocre

  • Carlos -

    Marta se não tem o que fazer vai dar para o Suplício, um aperto de mão.

  • Magda -

    Marta, "querida", eu tb ñ gosto do Bolsonaro. MAS, p/ deixar a esquerda, principalmente o PT de fora, faço como em 2018, voto nele outra vez. Pode ter certeza.

Ler 72 comentários