A galinha de Bolsonaro

O Globo, em editorial, cobra de Jair Bolsonaro alguma explicação sobre o dinheiro vivo que o esquema clandestino de Fabrício Queiroz repassou para seus familiares:

“O tempo passa, e o tráfego de dinheiro vivo, sem origem clara, só aumenta. Flávio deve explicações mais convincentes. Seu pai também. Bolsonaro está à frente de um governo eleito com a promessa de combate à corrupção. Precisa ser cobrado por isso. Tanto dinheiro saindo sabe-se lá de onde lembra a frase do ministro do STF Teori Zavascki, morto em desastre aéreo, ao espantar-se com as revelações da Lava Jato, de que era relator: ‘Puxa-se uma pena, vem uma galinha’”.

Leia mais: EXCLUSIVO: Ninguém tinha conseguido esmiuçar as movimentações suspeitas nas contas do amigo pessoal do presidente da República. Até agora.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 63 comentários
TOPO