ACESSE

"A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo"

Telegram

Jair Bolsonaro voltou a falar sobre os já mais de 30 mil mortos por Covid-19 no Brasil.

“A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, disse a uma mulher que pedia uma “palavra de conforto” para os familiares das vítimas.

Bolsonaro também defendeu novamente o uso da cloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19.

“O pessoal que reclama da cloroquina, então dê alternativa. […] Sabemos que pode ser que não seja tudo isso que alguns pensam, mas é o que aparece no momento. Tem muito relato de pessoas, muito médico favorável. A briga farmacêutica é muito grande.”

A alternativa, claro, é o isolamento social.

Leia também: STF x Bolsonaro: o presidente ainda mais exposto a riscos

Comentários

  • Antonio -

    Desumano.

  • Victor -

    Isolamento social não é tratamento.....São diferentes!!! O isolamento é nescessário na contenção da doença, o tratamento , se efetivo, na progressão e na cura. Isolamento nao substitui o tratamento

  • Moso -

    Um monstro nunca terá palavras de conforto pra ninguem.

Ler 187 comentários