“A gente não tem culpa”, diz neta de Lula

O Estadão entrevistou Maria Beatriz, a neta de Lula – falamos dela aqui, na sexta. Bia Lula, como se autodenomina, acha que o PT deve “permanecer na guerra”, diz que no Brasil “é fácil ser de direita” e defende a candidatura do avô em 2018.

A jovem de 20 anos se diz injustiçada, “porque as pessoas têm uma visão muito errada e acham que sou algo que não sou. Elas confundem e não sabem separar a Bia da neta do Lula. A gente não tem culpa da figura política que ele é.”

E defende José Dirceu como uma veterana:

“Nosso companheiro Dirceu foi condenado sendo inocente. Não existem provas concretas. Além do mais, Dirceu ajudou, e muito, na construção do PT e do governo Lula e tenho certeza de que ele foi fundamental para muitos projetos. Sou uma eterna defensora dele e do companheiro Genoíno. São presos políticos, infelizmente.”

Não há como separar a Bia da neta do Lula.

Lula com a neta, Maria Beatriz

Eles se multiplicam com rapidez

Faça o primeiro comentário