“A gente quer tocar homeschooling, armas e trânsito”

“A gente quer tocar homeschooling, armas e trânsito”

Aliados de Jair Bolsonaro querem aproveitar o aumento de popularidade do presidente em razão do pagamento do auxílio emergencial para tentar emplacar pauta de costumes no Congresso.

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), novo líder do governo, disse à Folha:

“A gente quer tocar homeschooling [educação domiciliar], armas e trânsito. É uma intenção, e estou construindo, consultando os líderes da base para avançar.”

Para o líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), há ambiente para a discussão de pautas que agradem os bolsonaristas:

“Leis e projetos de atendimento direto à Covid, essa demanda específica, que era única, vai diminuir, vai vir para pautas de recuperação econômica e outras coisas. A diminuição da discussão só sobre Covid abre espaço para votação dessas outras pautas.”

Leia mais: Escândalos à vista: os novos aliados de Bolsonaro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 104 comentários
TOPO