Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A grande chantagem

“Ao mencionar em sua última live de 2020 um caso supostamente hipotético sobre o tratamento que o Ministério Público do Rio daria à descoberta do envolvimento do filho de um procurador com drogas, Jair Bolsonaro quis mesmo mandar um recado cifrado à corporação que investiga seu primogênito, Flávio”, revela a Crusoé.

“Não havia nada de hipotético na história. Ele se referia a uma situação real relacionada a um familiar de um integrante da cúpula do MP fluminense (…). É a Abin paralela, de novo, agindo em favor do vale-tudo presidencial para livrar o 01.”

Assine a Crusoé e leia na coluna do Sexta-Feira.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO