​A herança de Dilma

Reportagem de O Globo lista alguns itens menos óbvios da “herança maldita” que Dilma deixará não só para Temer, mas para vários sucessores.

Entram na conta o necessário aumento da conta de luz até 2023, fruto do artificial controle de tarifas de 2012, e o déficit de 3,5 bilhões de reais do SUS, também alimentado por medidas eleitoreiras da petista.

Faça o primeiro comentário