"A intervenção na Petrobras é uma traição ao voto que os eleitores deram"

“A intervenção na Petrobras é uma traição ao voto que os eleitores deram”
Foto: Marcos Corrêa/PR

Paulo Uebel, ex-secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, disse a O Globo que a interferência de Jair Bolsonaro na Petrobras é “traição” aos eleitores.

“Isso contraria não só a agenda liberal, como o próprio governo do então candidato Jair Bolsonaro, que foi eleito nas urnas. A intervenção é uma traição ao voto que os eleitores deram.”

Uebel acredita que Paulo Guedes continuará no governo.

“Ele é resiliente e quer deixar um legado. Está persistindo e tentando aprovar as reformas estruturais.”

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
TOPO