A janela da infidelidade

Brasília vive a expectativa da “janela da infidelidade”, o período de 30 dias que parlamentares terão para a troca de partido sem perda de mandato.

De acordo com O Globo, DEM e PSB são duas siglas que trabalham para ampliar os quadros no período. Do outro lado, espera-se a confirmação de que a bancada do PMB serviu apenas de refúgio temporário para 20 deputados.

Mas o que interessa a O Antagonista é a possibilidade (real) de fuga em massa do PT.