A ligação da Mossack com operadores da OAS e UTC

A Operação Triplo X também identificou uma ligação entre Roberto Trombeta e Rodrigo Morales, ligados às empreiteiras OAS e UTC, com David Coppola, que foi sócio da Mossack Fonseca no Brasil.

Além da relação societária da dupla com Coppola, ao menos Trombeta recebeu recursos do petrolão em offshores abertas com ajuda da Mossack Fonseca.

Isso reforça o elo da investigação da Triplo X com a Lava Jato, esvaziando os argumentos da defesa de Lula que tenta tirar o caso de Sérgio Moro.