A ligação entre Sérgio Zveiter e Sérgio Cabral

Sérgio Zveiter, confirmado na função de relator da denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva, é ligado a Sérgio Cabral e a Moreira Franco, como recordamos mais cedo.

O Antagonista já informou que investigadores do esquemão de Cabral sabem que os grupos Dirija e Américas, que pagaram propina ao ex-governador do Rio, forneceram veículos para campanhas de Sérgio Zveiter, irmão do desembargador Luiz Zveiter, amigo de Cabral.

Também registramos que o deputado aparece em grampo de uma conversa entre Ricardo Pessoa, da UTC, e o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves. Releiam este trecho da conversa interceptada pela Polícia Federal:

Rodrigo Neves: Boa noite, diretor.

Ricardo Pessoa: Meu chefe, tudo bem?

Rodrigo: Querido diretor, cada vez mais animado por Niterói.

Ricardo: Se Deus quiser. Estou sabendo do seu prestígio aí na cidade, cada vez maior.

Rodrigo: Elegemos os três deputados. O Sergio Zveiter (PSD), o Chico D’Angelo (PT) e o Waldeck (Carneiro, PT) foram os candidatos que eu lancei. O governador teve em Niterói a maior vitória da região metropolitana. A presidenta, em cidades com perfil semelhante, teve uma diferença grande. Aqui foi uma diferença mais apertada.

Ricardo: Mas foi uma vitória.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 1 comentários
  1. Zveiter é da irmandade da propina!
    Já não chega o Benjamin, o Safra, o Jaques Vagner está nas mãos de gente muito perigosa e influente no mundo o país está em risco.
    Luladrão teu lugar é na prisão!

Os comentários para essa notícia foram encerrados.