A linha FHC

Fernando Henrique Cardoso pediu a renúncia de Dilma Rousseff em sua página do Facebook.

Mas isso foi o de menos.

Ontem, depois publicar a mensagem na rede social, ele fez algo muito mais importante: reuniu Aécio Neves e Geraldo Alckmin em seu apartamento e mandou-os “alinhar seus discursos”.

A ordem imposta por Fernando Henrique Cardoso repercutiu imediatamente no Congresso Nacional: Aloysio Nunes anunciou que o PSDB votaria pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo a Folha de S. Paulo, “tucanos interpretaram a fala de Aloysio como um recuo do discurso adotado anteriormente pelos aliados de Aécio, que defendiam a realização de novas eleições”.

FHC colocou os tucanos na linha

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200