ACESSE

A lista de passageiros da Gol

Telegram

O dono da Gol, Henrique Constantino, acertava pagamentos de propina com as senhas “passageiros”, “reservas”, “localizador”, “bilhetes”, “taxa de câmbio”.

Numa mensagem de 1º de agosto de 2013, obtida por O Globo, ele disse para Lúcio Funaro:

“Você pode me mandar os dados da pessoa para a reserva da poltrona? Favor mandar para mim na Funchal. Abs.”

O operador, no dia seguinte, perguntou:

“Recebeu a lista com o nome dos passageiros que te mandei?”

Henrique Constantino respondeu:

“Recebi. Assim que concluir as reservas, te passo o localizador e a taxa de câmbio. Abs.”

 

Como foi articulada a primeira grande derrota de Sergio Moro em Brasília. LEIA AQUI

Comentários

  • roberto -

    Porque diabos, vocês não divulgam o nome dos beneficiários? Cagaço???

  • Marcelo -

    O universo de políticos corruptos não cabe na frota da Gol.

  • Marcos -

    Para o Nhonho Botafogo devia ter um "cardápio de bordo" especial...

Ler 6 comentários