A maconha como prioridade

Lauro Jardim noticia que “Rosa Weber, relatora no STF da ação de inconstitucionalidade que questiona a proibição da cannabis para fins medicinais e de bem-estar terapêutico no Brasil, resolveu dar mais celeridade à discussão”.

A maconha é, de fato, uma prioridade.