Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A mandinga de Bolsonaro

Jair Bolsonaro, no cercadinho do Palácio da Alvorada, desprezou mais uma vez os mortos de Covid e disse que é um milagre ainda não ter sido deposto
A mandinga de Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Jair Bolsonaro desprezou mais uma vez os 500 mil mortos de Covid.

Ele disse para um bando de aloprados reunidos no Palácio da Alvorada:

“As mortes parece que interessam para a TV Funerária. A TV Funerária entrou em êxtase quando atingiu as 500 mil mortes.”

Ele disse também:

“Cada um tem a religião que quer, né? Para mim, são dois milagres: estar vivo e estar eleito. E outro, o terceiro: estar no mandato ainda.”

Isso não é religião – é mandinga.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO