A manobra dos caminhoneiros

A manobra dos caminhoneiros
Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

O golpe na Petrobras teve dois efeitos positivos para a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro: ele comprou o apoio dos caminhoneiros e transformou-os em pelegos capazes de infernizar seu adversário João Doria.

O líder dos caminhoneiros no Porto de Santos disse para a Folha de S. Paulo que nesta segunda-feira os motoristas vão se concentrar em frente ao Palácio dos Bandeirantes para pedir um corte do ICMS sobre o diesel.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO