Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"A máquina pública foi mobilizada para promover o charlatanismo sanitário"

“A máquina pública foi mobilizada para promover o charlatanismo sanitário”
Foto: Reprodução/Facebook

“No interminável catálogo de abusos cometidos pelo governo Jair Bolsonaro ao longo da pandemia, poucos terão sido tão emblemáticos quanto a promoção de um tratamento fictício para a Covid-19”, diz a Folha de S. Paulo, em editorial.

“Medicamentos como ivermectina, azitromicina, mas sobretudo a cloroquina e sua variante hidroxicloroquina, ganharam da administração federal ares de panaceia, em completo desacordo com a ciência e os princípios da boa gestão (…)

Não faltam registros de que a máquina pública foi mobilizada para promover o charlatanismo sanitário. Já chegou à mão dos parlamentares um ofício de junho de 2020 em que o Ministério da Saúde orienta a Fiocruz e outros órgãos vinculados à pasta a indicar a prescrição de cloroquina e hidroxicloroquina para os que contraíram a enfermidade e a divulgar o tratamento.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO