ACESSE

A marcha do Coaf

Telegram

“Líder do governo, o senador lavajatista Fernando Bezerra manobrou para que a votação do artigo sobre o Coaf fosse simbólica, sem a exposição dos votos no painel eletrônico”, diz Josias de Souza.

“A ala pró-Moro exigiu que seus nomes fossem expostos na vitrine. Desceu aos anais a lista dos senadores que fizeram questão de entregar nozes a quem já não fazia questão de manter nem os dentes.

O pedaço da infantaria que marchou rente ao meio-fio por Moro e Bolsonaro deve estar examinando a consciência para verificar se não confundiu uns certos homens com os homens certos.”

Os brasileiros voltaram às ruas. Por quê? E o que vem depois? Saiba tudo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 34 comentários