Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'A máscara de quem quis aumentar o fundão começa a cair', diz Marcelo Ramos

O vice-presidente da Câmara afirmou nesta segunda-feira que Jair Bolsonaro quer mais que dobrar o valor do fundo eleitoral
A máscara de quem quis aumentar o fundão começa a cair, diz Marcelo Ramos
Reprodução/Marcelo Ramos

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, comentou há pouco a declaração dada nesta segunda-feira (26) por Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de sancionar um fundão eleitoral de R$ 4 bilhões.

O deputado está sendo atacado pelo presidente desde que comandou a sessão que aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias com um dispositivo eleva o valor destinado a campanhas eleitorais de R$ 2 bilhões para R$ 5,7. Os bolsonaristas votaram a favor do texto.

No Twitter, Ramos escreveu que a máscara de Bolsonaro está caindo. Segundo ele, o presidente sempre quis o aumento.

“A verdade sempre aparece! Bolsonaro quer mais que dobrar o valor do fundo eleitoral que hoje é de 1,7 bi e ele quer passar pra 4 bi. A máscara de quem sempre quis aumentar o fundo eleitoral começa a cair!”

Em entrevista ao Papo Antagonista na semana passada, Marcelo Ramos levantou a hipótese de que tenha sido vítima de uma armação do governo federal. Rodrigo Pacheco, que naturalmente presidiria a sessão da votação, lhe informou que teria um compromisso pessoal na ocasião, sem dar explicações.

“Eu começo a pensar até se eu não fui vítima de uma grande armação do governo. Se o governo já não fez isso de caso pensado: ‘vamos aprovar R$ 5,7, a gente crucifica alguém, e depois a gente empurra R$ 4 vai parecer que está tudo bem‘.”, disse o deputado na entrevista.

Hoje, Ramos afirmou que o presidente confirmou o acordão.

“A manobra e o acordão que denunciei na semana passada agora não são mais especulações, são palavras do presidente! Cumpra sua palavra e Veta tudo, Bolsonaro! 4 bi de fundo eleitoral é golpe nos seus eleitores que acreditaram que você vetaria!”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO