Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A médica e o monstro

A médica e o monstro
Foto: Reprodução/Facebook

O que Ludhmila Hajjar disse sobre a cloroquina deveria mandar Jair Bolsonaro diretamente para a cadeia:

“Não podemos tratar as pessoas com base em ideologias. A cloroquina, por exemplo, que foi extremamente ideologizada no início da pandemia, não serve para a Covid-19. Está completamente comprovado cientificamente. É uma medicação excelente para tratar outras doenças, mas os estudos mostraram que, tanto a hidroxicloroquina, quanto a cloroquina, não possuem eficácia na prevenção e no tratamento do coronavírus.”

E também:

“Imagine se só o Brasil teria a cura dessa doença! Só os instagrammers, tuiteiros e os youtubers brasileiros saberiam como tratar a fase precoce. Isso é uma vergonha internacionalmente discutida. Sabemos que cloroquina não funciona há muitos meses, que azitromicina não funciona há muitos meses, que ivermectina não funciona há muitos meses.”

Um presidente que, para enfrentar uma epidemia que matou 280 mil brasileiros, continua a defender tratamentos comprovadamente ineficientes só pode ser preso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO