A MERENDA DE RENAN

Aguirre Talento, da IstoÉ, também conseguiu trecho da delação de Genivaldo Marques dos Santos, pivô do escândalo da merenda de São Paulo, que revela repasses do esquema ao lobista Milton Lyra, ligado a Renan Calheiros.

“A propina paga a Milton Lyra e outros era de 15% (quinze por cento) sobre o valor pago pela Prefeitura de Maceió à SP Alimentação. O dinheiro (papel moeda) era entregue quinzenalmente no município de São Paulo, na sede da SP Alimentação, a Milton Lyra.”

Faça o primeiro comentário