A meta agora é outra

Dilma Rousseff comemorava a vitória do reajuste da meta no Congresso quando foi surpreendida pela decisão de Eduardo Cunha de acolher o processo de impeachment.

A meta agora é o impeachment e o dobro da meta é a extinção do PT.

Faça o primeiro comentário