A “mídia de fofocas” e os Luíses do PT

Os advogados de Lula, Lulinha e Luleco, do escritório do compadre Roberto Teixeira, especializaram-se em atacar a imprensa independente.

Sobre o fato de Luleco ter recebido 500 mil reais do Corinthians sabe-se lá por que motivo, um deles disse o seguinte:

“A mídia de fofocas vale-se de pseudo-depoimentos que “atestam” a inexistência do serviço. Desconsidera-se – por conveniência – que o Corinthians, por meio de seus representantes legais, jamais questionou tal contratação ou a prestação desses serviços. E ignora-se que o clube, desde 2011, é um dos 16 times que integram o campeonato nacional de futebol americano organizado pela empresa Touchdown, de propriedade de Luis Claudio, através do time Corinthians Steamrollers.”

E mais:

“O fato é que, após oito meses de investigação e execração pública, não foi indicada qualquer conduta de Luis Claudio que pudesse tangenciar um ilícito penal e justificar uma investigação policial. Registramos, portanto, como absolutamente improcedentes também as novas acusações quanto às atividades no Corinthians”.

A “mídia de fofocas” tira o sono dos Luíses do PT.