ACESSE

A 'missão' do ex-diretor da Abin de Lula no CNMP

Telegram

Como registramos ontem, Wilson Trezza, ex-diretor da Abin na era PT, foi nomeado por Augusto Aras como “colaborador eventual” do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O Antagonista apurou que uma das missões de Trezza será analisar equipamentos de gravação de terminais telefônicos adquiridos pela força-tarefa da Lava Jato no Paraná.

O PGR desconfia que o aparelho seria usado para grampo ilegal, mas não encontrou nenhum indício que confirmasse a suspeita.

A força-tarefa repudiou a acusação, esclarecendo que adquiriu num “gravador de ramal PABX”, de modelo semelhante ao usado pelo CNMP.

Outra missão de Trezza é rastrear vazamentos de investigações por parte de integrantes da Lava Jato à imprensa.

Leia mais: Exclusivo: O 'blog' do Aras

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 42 comentários