A mochila de 200 milhões de dólares

O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, participou pessoalmente de um acerto fechado entre funcionários da Petrobras e estaleiros nacionais e internacionais relativos a 21 contratos para construção de navios equipados com sondas, contratações que envolveram ao todo cerca de US$ 22 bilhões.

Até março de 2013, segundo a denúncia de Pedro Barusco, João Vaccari Neto já havia recebido um total de US$ 4,52 milhões do estaleiro Kepell Fels. Vaccari era identificado numa tabela de pagamento de valores pela sigla de “Moch”, que significava “mochila”, “uma vez que o declarante quase sempre presenciava João Vaccari Neto usando uma mochila”.

João Vaccari Neto chega à PF com sua mochila – “moch”