Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A mosca azul picou mais um

Luciano Bivar comete a indelicadeza de anunciar que Henrique Mandetta não será candidato a presidente ou a vice, mas não conta que quer ocupar a vaga
A mosca azul picou mais um
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Luciano Bivar disse há pouco a O Antagonista que Luiz Henrique Mandetta retirou sua pré-candidatura à Presidência da República. Até aí, tudo bem. O ex-ministro da Saúde sempre deixou claro que apoiará o nome da Terceira Via com mais chances para derrotar Lula e Jair Bolsonaro.

Até agora, Sergio Moro é esse nome e Mandetta mantém uma ótima relação com o ex-juiz, a ponto de ter sido considerado várias vezes para o cargo de vice, numa hipotética chapa entre Podemos e União Brasil. 

O que Bivar não contou ao distinto público é que ele deseja ser o candidato da União Brasil à Presidência, ou mesmo o vice numa hipotética chapa com Moro — por isso, cometeu a deselegância de sair à imprensa para dizer que Mandetta será candidato ao Senado ou à Câmara pelo Mato Grosso do Sul.

A ideia estapafúrdia de Bivar foi lançada durante um bate-papo interno nesta semana entre caciques da legenda, pegando todos de surpresa. Ninguém teve coragem de dizer na cara do presidente da União que seu nome carece de apelo popular e apenas desagrega, arriscando inviabilizar uma chapa com o Podemos.

Ninguém teve coragem de dizer a Bivar que ele foi picado pela mosca azul. O Antagonista, então, serve de mensageiro.

Mais notícias
TOPO