A narrativa de Bolsonaro

“Bolsonaro não desistiu de trocar o comando da PF”, diz Andréia Sadi.

“Falta, contudo, bater o martelo sobre o nome do sucessor de Maurício Valeixo e acertar a narrativa pública de que quem escolheu o novo diretor-geral foi Sergio Moro, e não o contrário”.

Isso é impossível.

O presidente disse publicamente que quem manda é ele e que não aceita as “babaquices” da PF.

Comentários

  • Karmen -

    babaquices são as milicias os rachids....estas são as babaquices?????

  • Pedrito -

    No meu entendimento, cada um sabe o que está fazendo. O número seis bem pode ser o número nove, e vice-versa, depende do ângulo do qual você é observador... Conjeturas malucas não são bem-vind

  • Sandra -

    Não aceite ser usado por um i-dio-ta Moro.

Ler 143 comentários