A naturalidade do escambo

Um dos sinais mais eloquentes de que o país perdeu a vergonha é a naturalidade com que se noticia o escambo entre a absolvição de Eduardo Cunha no Conselho de Ética e o engavetamento do pedido de impeachment de Dilma Rousseff.

Dá para o nível descer mais? Sempre dá.

Faça o primeiro comentário