"A OAB tem a obrigação de agir", diz advogado que pede à Ordem impeachment de Toffoli

“A OAB tem a obrigação de agir”, diz advogado que pede à Ordem impeachment de Toffoli
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O advogado Pierre Lourenço, um dos autores do ofício apresentado à OAB com pedido de impeachment de Dias Toffoli e antecipado por O Antagonista, disse a este site que a Ordem terá de se posicionar sobre a decisão do presidente do STF de requerer acesso a uma montanha de relatórios sigilosos do Coaf e da Receita Federal.

Para ele, a OAB terá de se mexer, “comprando uma briga com o STF ou com a sociedade”.

“O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, atacou diversas vezes o governo federal usando o nome da entidade, sem deliberar previamente com os 81 conselheiros, em nítida perseguição política a um adversário político.”

“Agora, temos esse caso do STF e a OAB tem a obrigação de agir. Até agora, a entidade se calou. E será que se calou por medo ou por ter um acordo com o STF, que afastou a prisão em segunda instância? Será que a OAB vai proteger o STF novamente, igual fez no inquérito das fake news? Ou a OAB vai proteger a sociedade e as 600 mil pessoas e empresas violadas?”, acrescentou.

A transação suspeita que fez Léo Pinheiro, um dos pivôs do petrolão, citar Dias Toffoli em sua delação. Saiba mais
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO