A Operação Zelotes, em dois parágrafos

Para quem se perdeu na barafunda de ilegalidades lulistas, a Operação Zelotes, da PF, começou investigando um esquema de propinas para cancelar multas fiscais milionárias no Carf, conselho ligado ao Ministério da Fazenda. Com o desenrolar das investigações, chegou-se à compra de Medidas Provisórias, também no governo Lula, que favoreciam empresas automotivas do ponto de vista fiscal.

Luiz Cláudio, o Lulalinhazinho, entra na história porque uma das suas empresas, a LFT Marketing Esportivo, recebeu 2,4 milhões de reais da empresa Marcondes e Mautoni Empreendimentos, de Mauro Marcondes, lobista suspeito de negociar a edição e aprovação de uma das MPs compradas durante o governo Lula. A justificativa de Luiz Cláudio é de que o dinheiro serviu para financiar projetos na sua “área de atuação”, mas não há sinal de que um centavo dos 2,4 milhões de reais tenha sido empregado em algum projeto esportivo.

Faça o primeiro comentário