A ORCRIM não vai desistir

O pacote salva-ORCRIM ainda não foi aprovado.

Mas os codinomes da Odebrecht vão continuar tentando.

A Folha de S. Paulo fez um editorial sobre o assunto:

“Qualquer que fosse o conteúdo das iniciativas, sua tramitação em regime de urgência consistia por si só em elemento suspeito e inaceitável na manobra.

Foi interrompida; a própria base aliada divergiu sobre a questão. O que não significa que tenha desaparecido a vontade dos parlamentares de, diante do mais leve cochilo da sociedade, aprovar medidas capazes de livrá-los do cerco”.

Faça o primeiro comentário