A pedalada das pedaladas

O pedido de suspensão de Augusto Nardes, que a AGU pretende apresentar amanhã à Corregedoria do TCU, terá como efeito prático o adiamento da votação sobre as contas de Dilma, que estava programada para ocorrer na quarta-feira.

Ao receber o pedido, a Corregedoria do TCU fará um exame de admissibilidade e poderá solicitar diligências prévias. O governo já avisou que poderá também recorrer ao STF.

Só isso já deve impactar no calendário do julgamento. Depois da decisão do TCU, caberá a Renan Calheiros convocar o Congresso para votar o relatório de contas – e ele já disse que não vai fazê-lo tão cedo.