A CNBB e o foro privilegiado

A CNBB divulgou uma nota contra o foro privilegiado, mas que, no fim, pontua ser “razoável, no entanto, que haja o foro privilegiado para um número restrito de autoridades como forma de proteção às suas funções e de julgamento, com a necessária isenção, de eventuais delitos por elas cometidos”.

A CNBB é uma fantasia do lado vicioso do Brasil.

Faça o primeiro comentário