A Petrobras ainda sangra

As ações da Petrobras começam a alçar voo, mas a estatal ainda contabiliza os prejuízos da era petista.

Segundo o Estadão, a empresa acumula perdas de R$ 2 bilhões com obras que tiveram de ser paralisadas por causa da crise de caixa ou devido aos novos rumos impostos pelo governo Temer para tirar a companhia da ” liderança do ranking das petroleiras mais endividadas do mundo”.

Faça o primeiro comentário