Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

À PF, Sérgio Reis baixa o tom contra STF e nega participação em ato antidemocrático

Cantor depôs por videoconferência ontem, de hospital em São Paulo; ele voltou a dizer que lamentava repercussão de áudio sobre tirar ministros 'na marra'
À PF, Sérgio Reis baixa o tom contra STF e nega participação em ato antidemocrático
Reprodução/TV Globo

Em depoimento à Polícia Federal na quarta-feira (25), Sérgio Reis recuou nos ataques aos ministros do STF e negou participar de um movimento antidemocrático com o objetivo de realizar atos violentos no próximo dia Sete de Setembro, registra O Globo.

O cantor foi alvo de busca e apreensão na última sexta (20), a pedido da PGR, sob suspeita de ser um dos articuladores do ato antidemocrático.

Na terça, Reis se sentiu mal e foi internado em um hospital de São Paulo. Ele prestou o depoimento de dentro do hospital, por videoconferência, a investigadores da PF em Brasília.

O sertanejo disse aos policiais que lamentava a repercussão do áudio em que ele fala de uma articulação com caminhoneiros e diz que, se o Senado não decidisse sobre o impeachment de ministros do STF, eles iriam “invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra”.

Mais notícias
TOPO