A PGR petista

Ângelo Villela, acusado de ter recebido propina da JBS, é homem de Eugênio Aragão, o mais petista dos procuradores da PGR.

Ele disse à Folha de S. Paulo:

Qual a relação que o sr. tinha com o Janot?

 De amizade íntima durante um tempo, frequentava a casa dele, tinha como grande amigo. Mas foi se enfraquecendo com o passar do tempo. A partir do rompimento dele com Eugênio Aragão [ex-procurador e ex-ministro da Justiça], fiquei distante porque nutro amizade e carinho enorme por ele [Aragão].

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO