Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A planilha de Mourão

O vice-presidente só vai se mexer quando tiver a certeza de que os partidos de centro vão trabalhar pelo impeachment de Bolsonaro
A planilha de Mourão
Foto: Alan Santos/PR

Hamilton Mourão “deixou claro que está ligado no mapa do impeachment e que tem a planilha de votos na ponta da língua”, diz o Estadão.

“Se em algum momento decidir se colocar publicamente como alternativa de poder, Mourão quer antes ver transformado em votos na planilha o apoio indicado pelos partidos de centro ao impeachment. Sem cheiro de vitória, queimará a largada e ganhará a pecha de traidor”.

O maior pavor de um general é ser considerado um traidor. E o maior pavor de Jair Bolsonaro – com razão, em determinados casos – é ser traído.

Mais notícias
TOPO