A poesia concreta de Pimentel

Vejam a quantidade de documentos contra Fernando Pimentel na Operação Acrônimo.

São mais de 24 mil páginas.

É pura poesia concreta.