A política é curiosa

Se não conseguir a candidatura presidencial pelo PSDB, o plano B de Geraldo Alckmin é o PSB. Ele concertou com Haddad e Ciro Gomes uma aliança para o caso de mudar de partido. Por isso colocou Gabriel Chalita como vice do petista. Por isso aproximou-se do MST.

Agora, com a vitória acachapante da criatura Doria, ficou mais difícil para Alckmin adquirir um verniz esquerdista e bandear-se para o partido socialista.

O Antagonista acha que Alckmin preferia que Haddad tivesse ido para o segundo turno.

A política é curiosa.

Faça o primeiro comentário