A preocupação de Mônica com a prisão de Esteves

A Polícia Federal interceptou mensagens de Mônica Moura, mulher e sócia de João Santana, que mostram sua preocupação com o impacto da prisão do banqueiro André Esteves em “aplicações” suas no Brasil.

A movimentação financeira de Mônica indica que, em 2013, ela recebeu R$ 5 milhões em conta aberta naquele ano no BTG. Alega que o recurso teve origem em “lucros e dividendos” da Polis Propaganda.

“Somente a análise dos extratos bancários poderá verificar se os depósitos têm como origem estas empresas”, diz a PF.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200